Veja como artigo

Shen Yun Performing Arts Reviews: Keisha Laren Clarke Gray

“Este ano eu disse: 'Não, nós temos que ir, nós vamos ver'; eu sabia que seria incrível. A arte, a dança - porque sei o quão difícil é, por causa da agenda que já tive, sei o que é preciso para um show assim se concretizar - então queria aplaudir a todo instante! Mas, você sabe, por respeito... Aquele cenário de fundo que vocês apresentam, a tela digital, ser capaz de coletar fotos e coisas antigas e atuais, e apresentá-las juntas na história... Os dançarinos expressando suas emoções e a sua forma de como dançamos ao longo da vida, sendo capazes de compartilhar o que sentimos. Seja engraçado, triste, político ou algo sério - consegui entender pela dança... O que fizeram na orquestra foi maravilhoso. Eles estavam perfeitos e pude perceber que estavam se divertindo com a música. E apreciamos a música ao vivo, porque também é a expressão deles, e você ser capaz de pegar as duas formas de arte e integrá-las é como um casamento. Então foi maravilhoso, lindo... Acho que a mensagem, novamente, sobre paz, trabalho em equipe, lealdade, alicerce, tradição, é importante hoje em dia. Precisamos mais do que nunca voltar às tradições da vida que foram estabelecidas no princípio. E o Shen Yun está trazendo isso. As tradições do passado ajudam, esse é nosso alicerce. E os jovens de hoje estão grudados nos telefones e vidrados, sabe, vidrados em tecnologia, mas precisam lembrar qual é a raiz de tudo. ”

Keisha Laren Clarke Gray, artista da Broadway com créditos, incluindo "O Rei Leão"