Conheça os artistas > Músicos da orquestra > Eric Robins
Voltar

Eric Robins

Trompetista

Eric Robins

Trompetista

BIOGRAFIA

Nasceu em: Concord, New Hampshire, EUA
Com o Shen Yun desde: 2012

Eric Robins possui diploma de bacharel da Universidade de Illinois, em Urbana-Champaign, EUA, e um mestrado pelo Conservatório de Música da Nova Inglaterra. Atuou na Orquestra Sinfônica de Boston, entre outras, e é ex-trompetista principal da Orquestra Sinfônica de Daegu (Coreia). As bolsas de estudos que lhe foram conferidas incluem a Mabel Louise Riley Scholarship (Conservatório da Nova Inglaterra), National Orchestral Institute, Round Top International Music Festival e Bar Harbor Brass.

 

PESSOALMENTE FALANDO...

Nasceu em: Concord, New Hampshire, EUA.

Viveu em: Normal, Illinois, EUA.

Uma música para ser ouvida em uma ilha deserta: Sacrae Symphoniae: Antiphonal Motets of Giovanni Gabrieli, pelo Metropolitan Opera Brass e John Sheppard.

Queria ser músico profissional desde: 18 anos.

O que você mais gosta sobre música: A música une as pessoas, e eu adoro isso.

Primeira vez que ouviu sobre o Shen Yun: Em 2010.

Melhor metrônomo: O melhor metrônomo é o seu coração, o melhor dispositivo de ajuste são os seus ouvidos. Dr. Beat também é um bom metrônomo.

Fones de ouvido favoritos: Não sei se tenho uma marca de fone de ouvido favorita, mas o meu headfone Audio-Technica ATH-ES55 faz um bom trabalho nas gravações sinfônicas que escuto.

Porta instrumento favorito: A Yamaha faz um ótimo estojo rígido para trompete. A Alteri faz um excelente estojo flexível. E a Brass Bags também fabrica ótimos estojos.

Amuleto da sorte: Nenhum agora. Mas por aproximadamente 15 anos eu carreguei uma nota de dois dólares na minha carteira.

Livro de música obrigatório em uma turnê: The Charlier book. Esse é um livro clássico escrito pelo belga Theo Charlier, professor de trompete. Possui 36 "estudos", que se tornam cada vez mais difíceis.

Lugar favorito para praticar em turnê: No topo de algum edifício no Sul da Califórnia, em um dia de sol. Caso contrário, pratico onde for mais proveitoso.

Melhor método de aquecimento: Aquele que me prepara para o dia.

Alimento energético que você consome antes do show: Kimchi.

O que você faz no intervalo entre os atos: Eu gosto de ler algumas páginas do livro que estou lendo no momento, seja ele qual for, beber água, ir ao banheiro, e fico pronto para outra.

O que você faz para relaxar após o show: Começo com uma técnica bem calma chamada flexibilidade de lábio de Bai Lin, depois toco notas repetidas de Vizzutti e termino com um bom sono.

Artistas